LENINHA E KLEBER - JANEIRO 2013


Havia me cadastrado no site para conseguir uma esposa. Até então, nunca havia conseguido sequer uma namorada! Tentava, mas nunca conseguia...

Havia me cadastrado no site para conseguir uma esposa. Até então, nunca havia conseguido sequer uma namorada! Tentava, mas nunca conseguia...

Havia me cadastrado no site para conseguir uma esposa. Até então, nunca havia conseguido sequer uma namorada! Tentava, mas nunca conseguia...
Amigos,

Conheci minha esposa Leninha através do AmorEmCristo.com. Tivemos um relacionamento de três meses e cinco dias. Nesse período, passamos pelas fases de namoro, noivado e casamento. Mesmo estando a quase mil quilômetros de distância, nosso amor persistiu...

Minha esposa morava em Brasília. Já eu sou paulistano, apesar de morar em Alfenas, em Minas Gerais.

Havia me cadastrado no site para conseguir uma esposa. Até então, nunca havia conseguido sequer uma namorada! Tentava, mas nunca conseguia... Por ser tímido e simples, algumas pretendentes acabavam desistindo. No dia 5 de julho de 2012, fui passear com o meu cachorro em um monte onde costumava orar. Lá, orei sinceramente, pedindo a Deus uma esposa...

Na época, trabalhava como porteiro noturno. Certa noite, entrei no site e resolvi conferir alguns perfis. Já era quase meia-noite quando vi o perfil da Leninha. Resolvi chamá-la para bater papo, e ela aceitou, para minha alegria!!

Ao conversarmos, senti-me seguro para pedi-la em namoro, e ela aceitou. Após passar meu número, ela ligou, me deixando ainda mais surpreso… Conversamos bastante, nos conhecendo melhor. Ambos jogamos futebol. Eu toco violão e ela canta. Tínhamos bastante em comum!

Sabia que ela era a esposa que eu desejava em minha vida. Comprei as alianças e a pedi em casamento! E… Ela aceitou! Sabia que tinha que vê-la pessoalmente, e marquei viagem para agosto. Entretanto, no dia 8 daquele mês, a mãe dela havia sofrido um ataque de seu cachorro, o que a deixou bastante ferida, necessitando ser hospitalizada. Ao mesmo tempo, meu sogro, em virtude das fortes emoções, sofreu um oitavo AVC poucos dias depois, e também foi internado no mesmo hospital...

Falei para a Leninha: “Só não irei se você me pedir para não ir”. Mas ela pediu para que fosse assim mesmo, pois precisava de mim naquela hora.

Cheguei no dia 15, pela manhã. Foi um momento de muita alegria, mesmo com toda essa luta. Fomos ao Hospital Santa Helena visitar os pais dela e a pedi em casamento para eles. Meu sogro estava internado em uma semi-UTI. Ficamos noivos ali mesmo, com a bênção do pai dela! Ambos foram se recuperando graças a Deus...

Minha sogra deixou que a Leninha viajasse comigo. Foi assim que ela conheceu minha família. Este também foi um momento de muita alegria. Quando ela foi embora, me senti muito só. Queria casar com ela o mais rápido possível, pois agora a dor da distância havia tornado-se grande demais para nós...

Marcamos a data do casamento para o dia 13 de outubro, às 5 da tarde. Eu queria uma cerimônia ao ar livre parecida com o filme "A Prova de Fogo". Tanto a cerimônia quanto a recepção ocorreram no mesmo local.

Deus foi abrindo todas as portas, e multiplicou nossas economias, cuidando de cada detalhe. Nós nos casamos em Brasília, do jeito que queríamos. Hoje, vivemos felizes em Brasília. Também voltei a estudar. Consegui um novo emprego em outra área.

Tudo isso ocorreu para a honra e Gloria do Senhor Jesus!

Agradeço a Deus, e a toda a equipe do AmorEmCristo.com, que tem sido um canal de bênção na vida de pessoas que crêem na obra de Deus.

Kleber e Leninha