ROSELI E CLOVIS – SETEMBRO 2010


Conversávamos pela internet pelo menos duas vezes ao dia, e em algumas ocasiões varávamos a noite. Logo descobrimos o amor que nos unia.

Conversávamos pela internet pelo menos duas vezes ao dia, e em algumas ocasiões varávamos a noite. Logo descobrimos o amor que nos unia.

Conversávamos pela internet pelo menos duas vezes ao dia, e em algumas ocasiões varávamos a noite. Logo descobrimos o amor que nos unia.
A Paz do Senhor, amados!

Que este testemunho sirva para glorificar ao Senhor Nosso Deus e mostrar que para Ele não existem distâncias ou barreiras.

Roseli e eu nos conhecemos através do AmorEmCristo.com em abril de 2009.

Ela morando em Ariquemes, Rondônia, e eu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Ou seja, “apenas” 3.600 quilômetros nos separavam...

Conversávamos pela internet pelo menos duas vezes ao dia, e em algumas ocasiões varávamos a noite. Logo descobrimos o amor que nos unia. Ansiávamos por nos encontrarmos pessoalmente, mas eu estava desempregado e por isso não tinha condições de pagar passagens para ir ao seu encontro. Mais e mais, nos sentíamos apaixonados - e a falta de dinheiro para a viagem me constrangia. Mas nosso Deus é um Deus de provisão. Ao verificar meu saldo do FGTS, descobri um depósito misterioso, que me garantia o dinheiro para a viagem. Não tive dúvidas e marquei a data para embarcar.

Viagem longa, mas, finalmente aconteceu o tão esperado encontro! Foi apenas a confirmação do que sentíamos e pensávamos através do monitor. Demorei-me alguns dias naquela cidade. Tempo suficiente para planejarmos a minha volta dentro em breve. Mas, o Senhor tinha outros planos... Pouco depois do meu retorno, respondi a um convite que me havia sido feito no dia de meu embarque. Era o tão esperado emprego. Diante disso, começamos a pensar em outras alternativas.

Em dezembro, Roseli viajou para o sul para conhecer o lugar e ver se adaptava-se ao frio daqui. Deus providenciou um tempo agradável que a convenceu a mudar-se!

Passamos Natal e Ano Novo juntos, retornando ela a sua cidade em meados de janeiro, já com data marcada para a vinda em definitivo. Lá chegando, começou a providenciar a sua mudança, que ocorreu no final de fevereiro – ela chegou ao Rio Grande no início de março. Alugamos apartamento em Capão da Canoa, pois eu temia que ela não suportasse o frio na serra, local de meu trabalho.

No dia 16 de junho, finalmente nos apresentamos no cartório da cidade, aonde firmamos nosso compromisso diante dos homens, e à noite, na igreja, recebemos a bênção de Deus através do pastor.

E hoje estamos colhendo os frutos daquilo que plantamos. Estamos pertinho um do outro e muito felizes!

Clovis